segunda-feira, 14 de maio de 2012

Not Your Grandpa's Slippers

Costuma dizer-se que não há fome que não dê em fartura, e desde o Inverno que queríamos encontrar uns sapatinhos destes, os slippers, mas nunca tínhamos encontrado.  
Hoje há em todas as lojas, de todas as cores e feitios. O que acontecem com eles, é que são daquelas coisas que ou se ama ou se odeia, não há espaços para meio-termo, porque tanto podem parecer os chinelos do avô, para uns, como uma óptima alternativa às sabrinas e aos mocassins, para outros. 
Nós somos da opinião de que são refrescantes, porque normalmente somos muito abertas a novidades, e especialmente porque adoramos encontrar sapatos confortáveis e bonitos. 
Os primeiros que vimos nas lojas foram estes abaixo, de tons mais escuros, e com tachas ou padrões clássicos, e que tendem a parecer mais Invernais... 
Mas os que preferimos para as estações quentes, são os em nude, ou em tons metálicos, porque parecem mais leves, logo mais frescos: 
E por aí, estão convencidas, ou acham que só pertencem aos pés dos avós?

Sem comentários: